Posts com Tag ‘cristo’

Graça Proveniente

Publicado: 16 de abril de 2013 em Todos
Tags:, , , , ,

graceA Graça Proveniente

A Graça Proveniente, significa que eu busquei a Deus porque Ele me buscou primeiro, “que não fostes vós que escolhestes a mim, mas eu vos escolhi a vós” (Jo.15.16), ou seja, não há mérito nenhum nosso em buscar a Deus. Jesus disse: “Ninguém pode vir a mim se o Pai não o trouxer(atrair)” (Jo.6.44), isso não significa simplesmente que não há outro caminho para Deus, mas significa que somos totalmente incapazes de “encontrar” esse caminho “como se tateando o pudéssemos encontrar, o qual, todavia, não está longe de cada um de nós;” (At.17.27).

Essa Graça também é revelada quando diz: “Ou quem lhe deu primeiro a Ele, pra que lhe seja recompensado?” (Rom.11.35) e o verso seguinte completa: “Porque dEle, e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém.” (verso 36), para que nenhum homem se glorie.

A menos que Deus nos toque e nos abra os olhos não podemos olhar para seu filho. Qualquer um de nós que tenha olhado para seu filho e o encontrado e o enxergado como grande salvador tem certamente recebido “graça sobre graça” (Jo.1.16).

Jades Rogério
jades.rogerio@gmail.com


davidwilkersonby David Wilkerson | April 9, 2012

Jesus falou às multidões em parábolas: “Todas estas coisas falou Jesus às multidões por parábolas, e sem parábolas nada lhes falava; para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Abrirei em parábolas a minha boca; publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo” (Mateus 13:34-35, itálicos meus).

Para muitos cristãos hoje, as parábolas soam muito simples. Contudo segundo Cristo, cada parábola guarda um segredo incrível. Existe uma verdade oculta sobre o reino em cada parábola que Jesus contou – e essa verdade é descoberta somente pelos que buscam diligentemente por ela.

Muitos crentes passam por cima das parábolas rapidamente. Eles pensam ver uma lição óbvia, e rapidamente seguem adiante. Ou, eles perdem o significado da parábola ao não aplicá-la para si; ao invés disso, se voltam para os escritos de Paulo, buscando “verdades mais profundas”. Mas penso em duas parábolas que contêm algumas das verdades mais profundas das quais um crente pode se apoderar:

(mais…)


T. Austin Sparks

(traduzido por Valdinei N. da Silva)
 

Para que eu possa conhecê-Lo, e o poder da Sua ressurreição, e a comunicação dos Seus sofrimentos, conformando-me a Ele na Sua morte. Filipenses 3.10

Há muitas palavras nos escritos de Paulo que revelam o quão comprometido este homem estava com o Senhor Jesus. Todo o contexto é um derramamento consumado do seu coração diante daquele que o tinha feito “prisioneiro”, e ele resume tudo em uma pequena sentença: “Para que eu possa conhecê-lo”. (mais…)


eu1Neste Capitulo falaremos sobre o Apóstolo Pedro…

Outro exemplo que temos é Pedro que andou com Jesus por 3 anos, esteve com o mestre desde o início do seu ministério, foi discipulado por ele e viu e ouviu tudo com o próprio Jesus.

Talvez você pense, “mas Pedro era semelhante a Jesus? Pedro o negou três vezes, quando se sentiu ameaçado cortou a orelha do soldado com a espada e vira e mexe dava bola fora com Jesus”. Mas eu te digo: Sim, Pedro apesar das bolas fora que deu com o mestre ele se tornou semelhante a Jesus.
Vemos na bíblia que quando Jesus chamou Pedro para segui-lo ele era apenas um pescador e vivia disso e pelo que parece não sabia fazer outra coisa além de pescar, mas Jesus o chama “Venha e assim como eu faço discípulos você também fará, você será um pescador de homens” (Mt.5.19). Isso também nos faz lembrar que Jesus também chama pessoas simples para o seguirem, não se importa com a nossa classe social e nem se fizemos faculdade ou temos doutorado em teologia, ele apenas quer discípulos que desejam aprender com ele.
(mais…)


espelhoNa Bíblia temos alguns exemplos de pessoas que se identificaram com Jesus e em certo momento até foram confundidos com ele:

João Batista

“Estando o povo na expectativa, e discorrendo todos no seu íntimo a respeito de João Batista, se não seria ele, porventura o próprio Cristo.” (Lc. 3.15)

“Ele confessou e não negou; confessou: Eu não sou o Cristo” (Jo.1.20)

João Batista veio para preparar o caminho de Jesus, era um profeta e em uma determinada ocasião foi confundido com ele. Como? E por que João foi confundido com Jesus? Vamos ver alguns pontos:
(mais…)


hist_biblicas_jesus
Quero ser semelhante a Ele“Mas a todos quanto o recebeu (Jesus) deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus… (João 1:12.) …, e não para por aí “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” (Rom.8.29).
Acredito que todos nós recebemos uma chamada ao entregarmos nossas vidas a Jesus, uma chamada que vai além de simplesmente cantar no coral ou tocar violão na igreja, ou mesmo pregar a palavra, creio que temos uma chamada, um alvo, um destino: ser semelhante a Ele, “os predestinou para serem conformes à imagem de seu filho”.
Talvez soe aos nossos ouvidos de uma maneira impossível achar que podemos ser semelhantes a Jesus. Talvez eu diga a alguém que se considere um “bom cristão” que ele não é bom o suficiente até se tornar semelhante a Jesus e aí a pessoa me responda: “Mas isso é impossível, pois Jesus era perfeito, afinal de contas ele era Deus”. Mas o que se esquecem era que ele era homem também e que Deus diz : “Aos homens isso é impossível, mas para Deus nada é impossível”. (Mt.19.26)

Mas, o que é ser semelhante a Jesus!?
(mais…)


cordeiroO Sacrifício Perfeito, o Sacrifício de Jesus

“E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” Efésios 5.2

Lembro-me de uma vez em que fui convidado para ir a uma igreja, porém acabei chegando atrasado no meio do louvor, então assim que entrei arrumei logo um lugar para ficar e fechei os meus olhos para falar com o Senhor e adorar junto com a igreja. Enquanto eu orava pude sentir um forte mau cheiro, parecido com o caminhão de lixo quando está passando para recolher o lixo das casas, só que o cheiro estava muito forte, como se estivesse dentro do salão ali com a gente, aquilo me incomodou tanto que tive que colocar a mão junto com minha camisa para que eu pudesse respirar melhor, eu tinha a certeza que aquele cheiro estava vindo de dentro da Igreja, então eu perguntei a pessoa que havia me levado: “Que cheiro é esse!? É insuportável”, a pessoa me olhou espantado e perguntou: “Que cheiro!?!? Eu não estou sentindo nenhum cheiro!”, então perguntei a outra pessoa que estava com a gente e a resposta foi a mesma, inconformado com a resposta olhei em redor pra ver se alguém estava se sentindo incomodado com aquele cheiro e logo percebi que parecia que era só eu que estava sentindo, e isso durou durante todo o louvor. Quando acabou o louvor o cheiro sumiu e nos sentamos para que o dirigente do culto assumisse a direção. Quando ele começou a orar eu senti o forte cheiro de novo, imediatamente eu ouvi o Senhor falando comigo: “Filho você está sentindo esse cheiro!?” e eu respondi: “É claro Senhor, e é insuportável!” e Ele me disse: “É esse cheiro que eu sinto quando essa igreja me cultua.” Talvez você ouça essas palavras e as ache muito duras assim como eu achei no dia em que o Senhor falou isso comigo, mas aprendi a temê-lo e a amá-lo ainda mais, e sei que essa é a realidade de muitas Igrejas hoje em dia assim como foi a realidade para Israel durante muitas gerações (Isaías 1.11-17), por outro lado quando cultuamos a Deus não do jeito que queremos mas do jeito que Ele quer em amor e santidade, com o coração quebrantado e contrito, não só num domingo a noite mas todos os dias da nossa vida, com a nossa própria vida, então Ele recebe em cheiro suave. E o maior exemplo de todos é o próprio Jesus.

(mais…)


isaacSacrifício Vivo, Santo e Agradável.

“O Sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” Salmos 51.17

Sabemos que Deus não muda, e seus critérios também não, Ele continua sendo um Deus santo e não aceita sacrifícios imundos, ou impuros diante dEle, Ele é Santo. Então como podemos oferecer a nossa vida em sacrifício!? Que tipo de sacrifício Ele quer de nós, já que Deus não aceita mais sacrifícios de animais!? E nem mesmo quer que nos sacrifiquemos como muitas religiões fazem, multilando-se a si mesmos, sacrificando a animais como no passado, subindo escadas de joelhos para pagar promessas, nem mesmo dar todo o seu dinheiro para receber alguma benção, não é desse tipo de sacrifício que Deus está falando, pois o maior de todos os sacrifícios já foi feito por nós e pelos nossos pecados através do sacrifício de Jesus Cristo na cruz, o único sacrifício perfeito. Mas ao mesmo tempo não podemos ignorar o sacrifício que Deus está nos exortando a dar em Rm.12.1. Então que sacrifício é esse!?
(mais…)

Blog Projeto Maranata

Publicado: 27 de julho de 2009 em Todos
Tags:, , , , , , , ,

2509021568_4e60bfeac0 Quero através desse blog compartilhar com vocês de algumas palavras que o Pai tem me falado, daquilo que o Espírito Santo tem dito a nós. Em vários lugares podemos contemplar a mesma palavra, o mesmo desejo, o mesmo anseio na noiva de Cristo o clamor: “Maranata, vem Senhor Jesus”. Sabemos que os sinais para a volta de Cristo praticamente todos já se cumpriram como terremotos, guerras, fomes, pestes, vulcões, tsunamis, os falsos profetas e o falso Cristo (Mateus 24) e a qualquer momento os sinais que ainda faltam em um piscar de olhos podem se cumprir, os sinais nos dizem: “Sim, o que Ele disse é verdade e Ele está vindo”. Eu creio que Deus está gerando na sua noiva o desejo por sua vinda, pelo seu reino estabelecido na terra como na oração do pai nosso: “Venha sobre nós o teu reino”. Há um desejo, um projeto no coração do Pai, o Projeto Maranata, de despertar em todos nós o desejo e o clamor: “ORA VEM SENHOR JESUS!!

Abraço a todos e sejam bem vindos!!
Jades Rogério // Blog Projeto Maranta