Arquivo de março, 2013

Akedah (Sacrifício)

Publicado: 29 de março de 2013 em Todos
Tags:, , , , ,

 Então chamando Deus a Abraão disse: Abraão! E este respondeu: Eis-me aqui.
Prosseguiu Deus: Toma agora teu filho; o teu único filho, Isaque, a quem amas; vai à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um dos montes que te hei de mostrar.
– Gênesis 22.1,2

AkedahUma das histórias mais fascinantes da Bíblia, Deus havia feito uma promessa a Abraão, depois de velho que iria ter um filho de sua esposa Sarah, também já em idade avançada, e como se já não houvesse a dificuldade física, ainda essa promessa demorou pelo menos 10 anos para ser cumprida. Então nasce Isaque, o filho tão aguardado e esperado de Abraão, um pai já velho que possuía muitos bens, mas não tinha o que mais desejava, um filho. Acredito que pra ele a alegria foi muito maior do que um pai comum poderia ter, diante de todas as impossibilidades Deus estava cumprindo sua promessa. Isaque o filho amado de Abraão, era como um sonho, não havia nada que ele houvesse desejado mais. E no meio de todo esse final feliz, algo completamente inesperado acontece, Deus volta a Abraão e pede um sacrifício, e Abraão já havia feito muitos sacrifícios a Deus durante sua vida, mas o que Deus estava prestes a lhe pedir seria o mais custoso de todos, o mais sacrificante dos sacrifícios, seu próprio filho, seu único filho. (mais…)

Anúncios

davidwilkersonby David Wilkerson | April 9, 2012

Jesus falou às multidões em parábolas: “Todas estas coisas falou Jesus às multidões por parábolas, e sem parábolas nada lhes falava; para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Abrirei em parábolas a minha boca; publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo” (Mateus 13:34-35, itálicos meus).

Para muitos cristãos hoje, as parábolas soam muito simples. Contudo segundo Cristo, cada parábola guarda um segredo incrível. Existe uma verdade oculta sobre o reino em cada parábola que Jesus contou – e essa verdade é descoberta somente pelos que buscam diligentemente por ela.

Muitos crentes passam por cima das parábolas rapidamente. Eles pensam ver uma lição óbvia, e rapidamente seguem adiante. Ou, eles perdem o significado da parábola ao não aplicá-la para si; ao invés disso, se voltam para os escritos de Paulo, buscando “verdades mais profundas”. Mas penso em duas parábolas que contêm algumas das verdades mais profundas das quais um crente pode se apoderar:

(mais…)