Arquivo de agosto, 2009


pessoasAlguma vez já lhe perguntaram: “Que igreja você frequenta?”. Esta pergunta é muito comum hoje em dia, de modo especial entre cristãos. No entanto , esta pergunta em si toca uma nota significativa no propósito de Deus. Considere você a seguinte situação: Suponhamos que no lugar onde você trabalha, um novo empregado foi recentemente contratado. Ao falar com ele, você se intera de que é cristão. Quando lhe pergunta a que igreja vai, ele lhe responde dizendo:

—Eu frequento uma igreja que se congrega numa casa. Ao escutar sua resposta, que pensamentos percorrem tua mente? Pensa você: “Bom, isso é bastante estranho —este tipo deve ser um desajustado religioso ou alguma classe de proscrito emocional.” Ou: “Talvez faça parte de alguma seita estranha ou de algum excêntrico grupo marginal.” Ou: “Este cara deve ser orientado —porque não frequenta uma igreja regular?” Ou: “Seguramente este tipo tem de ser algum grupo rebelde; provavelmente é incapaz de submeter-se, caso contrário estaria  frequentando uma igreja normal —você sabe, aqueles que congregam em um edifício.”

(mais…)


cordeiroO Sacrifício Perfeito, o Sacrifício de Jesus

“E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” Efésios 5.2

Lembro-me de uma vez em que fui convidado para ir a uma igreja, porém acabei chegando atrasado no meio do louvor, então assim que entrei arrumei logo um lugar para ficar e fechei os meus olhos para falar com o Senhor e adorar junto com a igreja. Enquanto eu orava pude sentir um forte mau cheiro, parecido com o caminhão de lixo quando está passando para recolher o lixo das casas, só que o cheiro estava muito forte, como se estivesse dentro do salão ali com a gente, aquilo me incomodou tanto que tive que colocar a mão junto com minha camisa para que eu pudesse respirar melhor, eu tinha a certeza que aquele cheiro estava vindo de dentro da Igreja, então eu perguntei a pessoa que havia me levado: “Que cheiro é esse!? É insuportável”, a pessoa me olhou espantado e perguntou: “Que cheiro!?!? Eu não estou sentindo nenhum cheiro!”, então perguntei a outra pessoa que estava com a gente e a resposta foi a mesma, inconformado com a resposta olhei em redor pra ver se alguém estava se sentindo incomodado com aquele cheiro e logo percebi que parecia que era só eu que estava sentindo, e isso durou durante todo o louvor. Quando acabou o louvor o cheiro sumiu e nos sentamos para que o dirigente do culto assumisse a direção. Quando ele começou a orar eu senti o forte cheiro de novo, imediatamente eu ouvi o Senhor falando comigo: “Filho você está sentindo esse cheiro!?” e eu respondi: “É claro Senhor, e é insuportável!” e Ele me disse: “É esse cheiro que eu sinto quando essa igreja me cultua.” Talvez você ouça essas palavras e as ache muito duras assim como eu achei no dia em que o Senhor falou isso comigo, mas aprendi a temê-lo e a amá-lo ainda mais, e sei que essa é a realidade de muitas Igrejas hoje em dia assim como foi a realidade para Israel durante muitas gerações (Isaías 1.11-17), por outro lado quando cultuamos a Deus não do jeito que queremos mas do jeito que Ele quer em amor e santidade, com o coração quebrantado e contrito, não só num domingo a noite mas todos os dias da nossa vida, com a nossa própria vida, então Ele recebe em cheiro suave. E o maior exemplo de todos é o próprio Jesus.

(mais…)


isaacSacrifício Vivo, Santo e Agradável.

“O Sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” Salmos 51.17

Sabemos que Deus não muda, e seus critérios também não, Ele continua sendo um Deus santo e não aceita sacrifícios imundos, ou impuros diante dEle, Ele é Santo. Então como podemos oferecer a nossa vida em sacrifício!? Que tipo de sacrifício Ele quer de nós, já que Deus não aceita mais sacrifícios de animais!? E nem mesmo quer que nos sacrifiquemos como muitas religiões fazem, multilando-se a si mesmos, sacrificando a animais como no passado, subindo escadas de joelhos para pagar promessas, nem mesmo dar todo o seu dinheiro para receber alguma benção, não é desse tipo de sacrifício que Deus está falando, pois o maior de todos os sacrifícios já foi feito por nós e pelos nossos pecados através do sacrifício de Jesus Cristo na cruz, o único sacrifício perfeito. Mas ao mesmo tempo não podemos ignorar o sacrifício que Deus está nos exortando a dar em Rm.12.1. Então que sacrifício é esse!?
(mais…)

O Culto Racional

Publicado: 10 de agosto de 2009 em Todos

primitiva

“Rogo-vos, pois irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.”
Romanos 12.1

É comum ouvir no meio evangélico e principalmente nas Igrejas e nos cultos o termo “Culto Racional”, porém ao longo dos anos tem sido interpretado de uma maneira completamente errada. Normalmente ouvimos isso associado à liturgia do culto, dizendo que o culto tem que ter uma programação em que o dirigente vai abrir o culto e depois mandar a Igreja ficar de pé para cantar alguns hinos, depois manda a Igreja se sentar de novo, passam para o momento de ofertório e o culto se encerra após um sermão, isso tudo dentro de uma hora ou duas dependendo da Igreja, um “culto” humanamente organizado. E com isso muitos de nós achamos que estamos cultuando a Deus e cultuando-o com um “Culto Racional”, mas vamos analisar o versículo:

(mais…)